EMPRESADECRIACAODESITES - SITES


[$$ COMPRE BITCOIN E OUTRAS MOEDAS DIGITAIS COM CARTÃO DE CRÉDITO $$]

Qual seu Estado ? Cidade:

CIDADE - ESTADO

Rival Do Fla Se Destaca Por Dominio Do Meio Campo Mas Time E Considerado Lento


Fonte: https://oglobo.globo.com/esportes/rival-do-fla-se-destaca-por-dominio-do-meio-campo-mas-time-considerado-lento-22152491


Voltar

Rival do Fla se destaca por domínio do meio-campo, mas time é considerado lento - Jornal O Globo Home menu Esportes Esportes Ir para a página Assuntos em Destaque Torcedores do Fla prometem cerco, e Maracanã terá segurança especial Camisa de Neymar pode salvar modesto time francês da falência Publicidade Em destaque Rival do Fla se destaca por domínio do meio-campo, mas time é considerado lento Independiente também dificuldades na finalização das inúmeras jogadas criadas por Tatiana Furtado 05/12/2017 16:30 / Atualizado 05/12/2017 17:33 O atacante Gigliotti comemora a classificação do Independiente à final após vitória sobre o Libertad, do Paraguai - JAVIER GONZALEZ TOLEDO / JAVIER GONZALEZ TOLEDO/AFP Publicidade Um time que domina o meio-campo, de estilo de jogo cadenciado e com dificuldades em traduzir a posse em bola nas redes. Este é um resumo do Independiente, adversário do Flamengo na final da Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira, na Argentina. Com o esquema tático 4-2-3-1, a equipe pode enganar o rival ao aparecer em campo com apenas um atacante. Afinal, Gigliotti, que marcou dois gols sobre o Libertad na semifinal, não é o único homem de frente de origem. Benítez, apesar de jogar na linha dos três meias, também atua como atacante. - É uma equipe que assume o protagonismo do jogo e gera muitas situações de gol. E é aí que vem a maior dificuldade, no momento de finalizar - analisa o repórter Fabi Rodríguez, responsável pela cobertura do time no diário argentino Olé. Veja tambémRodríguez destaca outra qualidade do time comandado por Ariel Holan. A pressão na saída de bola do rival, principalmente no meio-campo. O locutor da Sportv Julio Oliveira, que narrou os dois jogos das semifinais contra o Libertad, do Paraguai, tem a mesma percepção do argentino. E manda um recado para o técnico do Flamengo Reinaldo Rueda. - É um time de controle de bola no meio-campo, mas não é agudo. O Rueda tem que se preocupar com o meio-campo, pois apenas o Cuellár realmente marca. Se perder o meio-campo, o Independiente sabe tocar a bola muito bem, cadencia, não dá chutão, lançamento longo. Toda a transição é no toque de bola - enumera ele, que destaca o meio-campo Meza como o pensador do time. Por outro lado, é um time lento, principalmente na defesa. Quando vai à frente, solta os laterais, mas não tanto. Aí que a velocidade rubro-negra tem de entrar. Julio Oliveira acredita que Vinícius Júnior pode ser uma boa opção. - Em casa, eles vão querer sair na frente, vão precisar fazer o resultado. O contra-ataque vai ser importante. Mas lembrando que não pode deixar perder o meio-campo - afirma. Publicidade Favio Verona, que também cobre o dia a dia do clube argentino pelo Olé, destaca alguns jogadores que o Flamengo tem de ficar atento. O capitão do time Tagliafico, que é lateral-esquerdo mas tem jogado na zaga, e é forte na marcação. O jovem lateral Bustos, que costuma avançar pela direita. Além de Meza e Barco, que jogam pelas extremidades ou nas diagonais, sendo responsáveis pelas jogadas ofensivas do time. Barco, por exemplo, tem apenas 18 anos e teve proposta de US$ 12 milhões do Atalanta United da MSL, liga americana. - O Independiente sabe que deve fazer uma boa diferença em Avellaneda e vai atacar com tudo - acredita o jornalista, que aponta outra debilidade da equipe. - O jogo aéreo, em ambas as áreas, é deficiente pois não tem zagueiros altos no time titular. TÉCNICO PODE COLOCAR DOIS ATACANTESO Independiente tem dois fatores a favor neste primeiro jogo. A Avellaneda lotada e toda pressão costumeira da torcida argentina e o tempo de descanso. O último jogo do time foi dia 25 de novembro, pelo Campeonato Argentino, na vitória sobre o Racing. A diretoria pediu à associação de futebol do país para que a partida da rodada de fim de semana fosse adiada. Enquanto isso, o Flamengo jogou com quase todo o time principal na última rodada do Brasileiro diante do Vitória, quando garantiu a vaga direta na Libertadores nos acréscimos. O técnico não confirmou a escalação do time, mas a imprensa argentina acredita que o time titular será formado por Campaña; Bustos, Franco, Silva, Tagliafico; Rodríguez, Domingo (Sánchez Miño); Benítez, Meza, Barco; Gigliotti. - Ele pode entrar com o Fernández (artilheiro do time na competição com quatro gols) e jogar com dois atacantes - diz Rodríguez. Publicidade O técnico Ariel Holan admite que pode escalar uma formação diferente. - Um boa alternativa seria jogar com dois atacantes , mas sabemos que a eficácia do time nem sempre depende disso. Teremos que ser mais Independiente do que nunca. Ter a posse de bola, jogar fácil, minimizar a margem de erros para evitar o contra-ataque. Na hora de defender, temos que defender como leões, como sempre fazemos - disse o técnico ao Olé. Na Sul-Americana, os argentinos venceram sete vezes, empataram uma partida e perderam dois jogos. Foram 11 gols marcados e três sofridos. Publicidade Anterior STF confirma o Sport como único campeão Brasileiro de 1987 Próxima Após escândalo de doping, COI tira Rússia dos Jogos de Inverno Newsletter As principais notícias do dia no seu e-mail. Receber Já recebe a newsletter diária? Veja mais opções. Digite as letras da imagem: Receber TROCAR IMAGEM Quase pronto... Acesse sua caixa de e-mail e confirme sua inscrição para começar a receber nossa newsletter. Ocorreu um erro.Tente novamente mais tarde. Email inválido. {{mensagemErro}}
... ++ Mais

TAGS:

Rival destaca domínio meio-campo time considerado lento Jornal Globo Home menu Esportes Esportes para página Assuntos Destaque Torcedores prometem cerco Maracanã terá segurança especial Camisa Neymar pode salvar modesto time francês falência Publicidade destaque Rival destaca domínio meio-campo time considerado lento Independiente também dificuldades finalização inúmeras jogadas criadas Tatiana Furtado 05/12/2017 16:30 Atualizado 05/12/2017 17:33 atacante Gigliotti comemora classificação Independiente final após vitória sobre Libertad Paraguai JAVIER GONZALEZ TOLEDO JAVIER GONZALEZ TOLEDO/AFP Publicidade time domina meio-campo estilo jogo cadenciado dificuldades traduzir posse bola redes. Este resumo Independiente adversário Flamengo final Copa Sul-Americana nesta quarta-feira Argentina. esquema tático 4-2-3-1 equipe pode enganar rival aparecer campo apenas atacante. Afinal Gigliotti marcou dois gols sobre Libertad semifinal não único homem frente origem. Benítez apesar jogar linha três meias também atua como atacante. equipe assume protagonismo jogo gera muitas situações gol. maior dificuldade momento finalizar analisa repórter Fabi Rodríguez responsável pela cobertura time diário argentino Olé. Veja tambémRodríguez destaca outra qualidade time comandado

HTML Box Comentário está carregando comentários ...